Para Um Amanhã Mais Verde!

Arquivo, Biblioteca — By on 10/01/2012 9:50

Para o Agrupamento de Escolas da Correlhã o ano de 2010 – Ano Internacional da Biodiversidade – foi apenas o início de um trabalho conjunto no qual se pretendia desenvolver na comunidade educativa o uso de práticas diárias que visassem a salvaguarda da Biodiversidade e a continuação da vida na Terra.

Através de atividades criativas e inovadoras, que são a base de todos os projetos, pretendemos motivar os alunos para a realização de campanhas ambientais que os alertem e consciencializem para a importância do ecossistema do qual fazem parte e valorizem a sua própria qualidade de vida atual e futura.

As dinâmicas geradas no Agrupamento, tendo em vista a consecução dos objetivos a atingir pelos diversos projetos relacionados com a preservação da vida na Terra, têm sido altamente potenciadoras na sensibilização de todos para esta problemática.

São exemplo disto o envolvimento do Agrupamento nos seguintes projetos:

Eco Escolas – CEF da Facha cujas atividades são as seguintes: horta biológica, pomar, mini bosque, canteiros de ervas aromáticas, jardim e compostagem; criação de animais da horta; monitorização dos gastos energéticos (água e luz); recolha seletiva de vários resíduos.

Pilhão vai à Escola – No final do 1º período a empresa promotora deste projeto, a Ecopilhas, recolheu 14 pilhões com material recolhido pelos alunos.

Projeto Comenius –  “Protecting Nature is Preserving Life”, projeto comunitário envolvendo 7 países com o objetivo de promover nas escolas envolvidas um maior conhecimento de assuntos relacionados com a Biodiversidade. Neste contexto os alunos já se deslocaram a Itália (Castiglione del Lago) e Suécia (Boden), no 1º período, estando agendadas visitas em maio e dezembro de 2012 à Lituânia (Girkalnis) e Turquia (Kocaeli) e  ao Reino Unido (País de Gales ) em março de 2013. Ponte de Lima ( Correlhã) acolherá os alunos e professores dos sete países em maio de 2013.

Encontro de Mundos – São objetivos deste projeto, a identificação, as diversas aplicações das plantas aromáticas e medicinais, a sua contextualização histórica e geográfica e a construção de um jardim. Dinamizado pelos alunos do CEF cozinha, este projeto tem-se revelado de grande utilidade no desenvolvimento de hábitos de trabalho de grupo e na consciencialização de valores culturais e patrimoniais. Em simultâneo os alunos aplicam conceitos matemáticos no quotidiano, confecionam produtos alimentares e ementas e desenvolvem competências nas áreas das TIC.

Para o embelezamento dos canteiros e em colaboração com as Lagoas de Bertiandos, a escola trocou rolhas recolhidas por professores, alunos, assistentes operacionais e comunidade local, por espécies de plantas autóctones.

Assim, no final do primeiro período, o Engenheiro Paulo Pimenta deslocou-se à escola E.B.2/3 da Correlhã para fazer a recolha de cerca de 20.000 rolhas de cortiça.

Em troca das rolhas a escola recebeu algumas espécies de plantas autóctones nomeadamente: azevinho, loureiro, medronheiro, carvalho- português carvalho- alvarinho, murta, folhado, etc. que irão certamente embelezar e enriquecer o jardim e o espaço exterior da escola.

Algumas destas espécies estão em risco de extinção devido a doenças, pragas, incêndios e cortes prematuros e desordenados.

Com um simples gesto, estamos a incutir nos alunos a importância da reciclagem, contribuindo para uma melhoria da qualidade do ambiente, pois preservar a Natureza é preservar a Vida.

                                  Profs Cristina Gomes, Fátima Melo e Isabel Carvalho

 

Comments are closed.

Você é o Visitante nº

contador de acesso grátis

Muito Obrigado!